2008/04/03

Corrupção?

Na época 2003/2004? Quando já quase eramos campeões nacionais e onde, por um enorme acaso, até fomos campeões europeus?

Em bom português daquele mais vernáculo, diria "não me f***m"!

Num dos jogos, segundo diversos relatos da época, o FC Porto até foi prejudicado. O outro era de uma importância tão grande que foram os suplentes que jogaram e até juniores ou B's foram convocados, se não estou em erro.

Eu sei que todos querem provar que aquilo que o FC Porto conquistou nestas décadas não foi em campo. Mas, pelo menos, podiam dar-se ao trabalho de arranjar melhores exemplos e épocas para o fazer! Isto, no mínimo, é ridiculo...

E outra duvida que me assalta: então a justiça-justiça ainda nem começou os julgamentos e a justiça-deportiva já está em fase de emissão de notas de culpa? Não deveria ser ao contrário? Não deveria ser depois de a justiça civil julgar o caso, com as provas produzidas e aceites e depois de aduzidas as culpas a quem cometeu actos ilicitos é que deveria vir a justiça desportiva aplicar as suas sanções? Não se poderá dar o caricato caso de a justiça desportiva penalizar um clube ou um agente desportivo e depois a justiça civil vir a ilibar? E depois, como fica a situação?

Só espero que o FC Porto conteste, até ao limite do possível, esta situação aberrante e caricata. Nem é pelos seis pontos que não é por eles que este ano não somos campeões. É porque o Baia, o Jorge Costa, o Costinha, o Maniche, o Derley, o Mourinho e restantes elementos daquele grande plantel não merecem uma desconsideração deste tamanho. Eles foram os melhores da Europa, não precisavam disto para serem os melhores de Portugal também... Prefiro perder seis pontos na próxima época, começar com -6. E aposto que no final ainda somos campeões outra vez, apesar do Jesualdo e das vendas de Verão...

A resposta será uma só: casa cheia no Dragão já no próximo domingo e, espero eu, até ao final da época. E no último jogo espero poder estar lá, no meu lugar a assistir e a comemorar também!
Enviar um comentário