2011/05/07

Roma: basílica de S. Pedro

Esta é a mais importante igreja de Roma, quer no seu valor espiritual (local onde se encontra enterrado um dos 12 apóstolos de Cristo, Pedro, e primeiro Papa), quer no seu valor arquitectonico (é unanimemente considerada a obra maior da sua época ao longo dos seus mais de 100 anos que levou a construir.

Tendo sido iniciada a sua construção em 1506 sob comando de Bramante numa planta simples de cruz grega, foi evoluindo e crescendo conforme os vários Papas iam dando o seu toque pessoal à obra.


A planta original de Bramante (fonte: Wikipedia)

Foi derivado do Concilio de Trento e das alterações que este introduziu nas liturgias que já depois de 1600 foi pedido a Carlos Maderno que ampliasse para nascente a basílica em cruz grega e deu origem à planta actual em cruz latina.


A planta e corte esquemático finais de Maderno (fonte: Wikipedia)

Foram ainda arquitectos importantes na obra Miguel Angelo e Bernini, entre outros (como Maderno ou Rafael). O primeiro foi o autor da cúpula da igreja e o segundo terminou a fachada como a conhecemos hoje e desenhou ainda a praça e colunata que a caracteriza.

No interior, obras fantásticas de escultura e pintura. Bem como pavimentos de mármore fabulosos. E um baldaquino com a cadeira de Pedro (ambos de Bernini) de uma grandeza e graciosidade tremendas. É, de facto, uma obra fantástica!


A cúpula de Miguel Angelo



O baldaquino e cadeira de Pedro, de Bernini


A Piettá, de Miguel Angelo






Pormenores diversos do interior


A praça de S. Pedro, com a fachada e colunata de Bernini e a cúpula de Miguel Angelo
Enviar um comentário