2005/03/30

Love is beautiful

Cheguei agora à entrada do prédio onde habito ao mesmo tempo que um casal vizinho, estes já na casa dos quarenta anos.

Abre-não-abre a porta, entro-eu-entram-eles no prédio, e diz o marido:
"entre, por favor, que nós ainda ficamos aqui a namorar mais um pouco..."

2005/03/29

Vertigo Tour começou ontem em San Diego...

...e pelo que o Álvaro Costa (da Ant3na) diz no programa que está a dar e em directo a partir dos EUA, foi um começo em grande, em especial com uma segunda parte "demolidara".

Só para se perceber a loucura que foi a procura de bilhetes aqui em Portugal, pelo que ele apurou, houve 300 mil pedidos para o concerto de 14 de Agosto!!!!

Que inveja...

2005/03/28

Expressiva vitória da oposição interna na eleição dos Delegados ao XX Congresso do CDS-PP

Foi com um retumbante resultado de 9-0 que os candidatos da oposição interna a Pedro Carvalho, liderados por Rui Barreira, derrotaram os candidatos afectos à concelhia do PP de Guimarães ao XX Congresso do CDS-PP a decorrer nos próximos dias 23 e 24 de Abril.

No passado sábado apresentaram-se a sufrágio individual 21 candidatos a nove lugares de Delegados que cabiam à estrutura vimaranense, sendo a votação uninominal, isto é, cada eleitor vota nos nomes que pretende ver eleitos.

Do resultado final o Linha de Rumo apurou que o mais votado foi Rui Barreira, com 81 votos, tendo de seguida sido eleitos outros 8 candidatos afectos à sua lista na passada eleição para a presidencia da concelhia do PP, que então perdeu para Pedro Carvalho.

O mais votado dos candidatos afectos a Pedro Carvalho foi Orlando Coutinho, com apenas 49 votos, que ficou em 10º lugar, a 27 votos de distancia do 9º delegado e último eleito.

A lista completa dos delegados eleitos é assim constituída:
Rui Barreira - 81 votos
Vicente Salgado - 80 votos
Dinis Monteiro - 80 votos
Frederico Barreira - 79 votos
Rafel Galvão - 77 votos
André Machado - 77 votos
Armandino Lopes - 77 votos
Artur Fernandes - 76 votos
Rui Dias da Silva - 76 votos

Os estranhos desiginios da comunicação social local ou não haver noticias sobre a eleição para o congresso do PP...

Tão longo titulo para falar um pouco sobre a estranha forma de noticiar as coisas que acontecem aqui em Guimarães. Não é que eu me queira "armar" em editor, mas há coisas deveras estranhas...

Por exemplo, durante alguns anos todos os assuntos que levassem um nome de uma determinada pessoa como porta-voz ou elencada numa lista ou eram simplesmente ignoradas ou censuravam o nome da pessoa (alterando-o ou não o escrevendo, pelo que podiamos ler noticias tipo "as 7 pessoas que constituem a lista" e depois apenas encontravamos 6 nomes).

Outro exemplo, o Forum Vimaranis envia atempadamente notas de imprensa das actividades que vai fazendo e muitas das vezes é completamente ignorado por alguns jornais locais. Eu não sei se são eles que acham que a actividade não é relevante (o que é um direito deles) ou se têm excesso de noticias para essa edição (o que não me parece razoável)... Mais concretamente, a conferência sobre a "Criança em Risco" com a presença da, talvez, maior autoridade nacional sobre o assunto, o Dr. Luís Villas Boas, pouca ou quase nenhuma repercurssão teve junto da comunicação social. O tema não interessa? Julgo que pela cobertura que é dado ao "processo Casa Pia" interessa! O orador não é conhecido ou não é qualificado? Julgo que em Portugal não haverá pessoa mais qualificada (poderá haver tão qualificada) e é uma das pessoas mais conhecidas sobre a matéria, juntamente com a provedora da Casa Pia, Catalina Pestana e o médico Pedro Stretch. Então porque este alheamento?

Mais um exemplo, na recente eleição dos Delegados ao Congresso do PSD aqui em Guimarães, apesar da existência de duas listas, uma claramente afecta à candidatura de Marques Mendes e outra discretamente afecta à candidatura de Filipe Menezes, pouco destaque existiu e mesmo no facto de uma lista ter dado uma "banhada" na outra, quase nada foi dito...

Tudo isto para chegar ao ponto de ainda não ter visto nenhuma noticia sobre a eleição dos Delegados ao XX Congresso do CDS-PP aqui em Guimarães. Alguém sabe se já houve eleições? Alguém sabe quem são (foram?) os candidatos? Pois não... Nada... Não sei se foi falta de comunicação da Mesa do Plenário do PP? Ou será que por ter apenas cerca de 5% de votos que não merece destaque?
Como não havia noticia, tive de me socorrer dos meus contactos... E a noticia poderia ser então esta:

"Expressiva vitória da oposição interna na eleição dos Delegados ao XX Congresso do CDS-PP."

que podem então ler no post seguinte... O Linha de Rumo a prestar serviço público informativo...

2005/03/26

Portugal quer um PSD forte!

Um desafio!
Um homem!
Cinco ideias estruturantes!
Uma visão de futuro!
Em suma, um RUMO!

"Em primeiro lugar, recolocar o PSD no espaço político que lhe é próprio."

"Em segundo lugar, reabilitar e enriquecer o debate político e o debate de ideias dentro do Partido."

"Em terceiro lugar, liderar a oposição com firmeza e sentido de serviço público."

"Em quarto lugar, a estratégia autárquica. O meu grande objectivo é mobilizar todo o Partido para a vitória nas eleições autárquicas."

"Em quinto e último lugar, a estratégia Presidencial.
"


A ver na página do candidato Luís Marques Mendes.

2005/03/25

"D. Sebastiães Antónios" da política...

António "D. Sebastião" Vitorino - Foi o primeiro de todos, continua a aguardar pela manhã de nevoeiro para regressar. Consta que depois de Bruxelas, o nosso rectangulo é demasiado pequeno para a sua ambição inversamente proporcional à sua altura...

António "D. Sebastião" Pires de Lima - Como o "Paulinho das Feiras" quer fazer uma reciclagem para de uma vez por todas passar a ser o "Paulo Estadista", todos pensavem que o seu primeiro vice-presidente ia avançar numa manhã de nevoeiro de Pombal! Todos o desejaram, mas mais rápido que dizer COMPAL e mais radicalmente que o sumo de tomate, colocou-se de lado à corrida para a sucessão...

António "D. Sebastião" Borges - Há muito que a imprensa "elitista, sulista e liberal" vende este economista como potencial líder do PSD. A cada congresso, lá surge o nevoeiro onde a imprensa pensa antever a sua silhueta... E no entanto, ainda não surgiu a confirmação da candidatura, nem agora que vai apresentar uma moção mas que diz apoiar o candidato Luís Marques Mendes!

António "D. Sebastião" Guterres - A mesma imprensa que o endeusou e lhe deu liberdade para em seis anos desbaratar o que foi construído nos dez anteriores encontrou uma nova manhã de nevoeiro ali para os lados da ONU... Pelo menos isso serviu para destapar a carapuça: então diz ele que se for nomeado Alto-Comissário para os Refugiados não será candidato à presidencia? Isso significa que ao contrário do que ele afirmava (algo como "não sou candidato a candidato") era mesmo verdade... Ele não era candidato a candidato porque já era candidato mesmo! Que vá lá para o estrangeiro brincar com os refugiados mas que desta vez não deixe as coisas a meio e venha se refugiar aqui em Belém antes de terminar aquilo para que foi mandato! É que para este cargo ele tem curriculo, ninguém dúvide: sabe o que é fugir de S. Bento, está refugiado na internacional socialista, andava à procura de abrigo em Belém...

2005/03/24

Urbanismo, Arquitectura e a Câmara do Porto

Retomando um tema que tem andado afastado deste blog.

Na cidade do Porto muitos casos estranhos se têm passado...

O Túnel da Rua de Ceuta é um caso. Um projecto aprovado há uns 15 anos, em execução há uns 10 anos e parado há uns 5 anos, só agora quando está a ser concluído é que se lembram de tentar alterar a saída dele e, mais metro menos metro, sai na mesma rua, mas polémica das polémicas, ninguém se entende nem ninguém quer que saia à sua porta... A Reitoria da UM por causa da cantina, o Museu Soares dos Reis não sei agora porquê, o Hospital de Santo António por causa de outra coisa qualquer... Mas só agora é que se lembram de mudar? E os custos que isso acarreta (alterações em obra são extremamente caras porque não estão contratualizadas e implicam novos projectos, por vezes alterações à própria obra executada...) quem é que os paga? E o túnel não esteve já parado anos de mais para ainda andarmos a discutir onde deve sair?

A linha de Metro à porta do Hospital de S. João é outro caso. Aos meses (anos?) que está projectada, com discussão pública incluída e ninguém se lembrou se era rebaixado, superior ou de nível. Havia acordo com a administração do Hospital para resolver o problema do acesso de emergência ao HSJ. E de repente, nova confusão. O HSJ concordava mas a Faculdade de Medicina dentro do HSJ não concorda. E acha que deve ser de outra maneira qualquer. E interpõe uma providência cautelar contra a obra. E lá andamos nós outra vez a discutir os projectos fora do local e momentos próprios, com custos de projectos (e de alterações à obra já adjudicada?) e provavelmente de tempo perdido que mais uma vez ninguém irá pagar...

A sede do BPN atrás da Casa da Música é mais outro. Andaram mais de dois anos a negociar a abertura de um "buraco" no edificio que permitisse à Casa da Música ter um acesso visual do mar no outro extremo da Avenida da Boavista. Resultado? O projecto foi licenciado sem o dito buraco e agora vão recomeçar novas negociações para executar o edificio com buraco! Alguém percebe? E quais serão as contrapartidas a dar? Novos terrenos do dominio público? Aumento da volumetria? Ou será em dinheiro a compensação? E o que é pior é que foi a própria CMP que vendeu em hasta pública o lote de terreno onde o prédio vai ser executado e que posteriormente autorizou uma alteração às condições do alavrá de loteamento para compensar a promotora pelos prejuizos de não ter entregue o terreno na data prevista inicialmente devido ao prolongar das obras da Casa da Música (que por si só é outro caso já aqui abordado em tempos...)!

A linha de Metro ao longo da Avenida da Boavista é mais um caso. Superior, enterrada ou à superficie? E Metro ou electricos ligeiros? Com cruzamentos e semáforos ou desnivelar nesses locais? Mas que diabo, mais uma vez não era suposto tudo isso estar já decidido, planeado, pensado e projectado há muito tempo? Não deveria ter a CMP uma política de ordenamento urbano clara que não deixasse margens para dúvidas sobre estas situações, para além de que toda a Avenida da Boavista já deveria estar desenhada em vez de se andar a perder tempo a desenhar praças e avenidas que há muito estão definidas e enraizadas no sentir e viver dos portuenses...

Pelo que este é mais um novo caso, o desenho urbano renovado da Avenida dos Aliados. Já aqui defendi que esta "mania" de usar arquitectos de renome para "viabilizar" projectos polémicos, é no minimo detestável pois oscorre-se do argumento "ele é um dos 10 melhores do mundo" o que é sempre subjectivo por um lado e não é garante de bom trabalho por outro. Por isso, quando temos toda aquela enorme praça e avenida com um piso na calçada, outro na rua, com canteiros e jardins e sem árvores (o que ajuda a criar a sensação de amplitude) há dezenas de anos e interiorizado pela população, fará algum sentido? E seria uma obra urgente? Não serão mais urgentes obras como, por exemplo, a Praça da República, a Avenida da Boavista a Avenida da "Ponte"?

E podia continuar por aqui fora... Campanhã... Parque da Cidade... Parque Oriental da Cidade... Arca de Água, Ameal e futuro Estádio do Salgueiros (?)... O PDM novo que ainda não está em vigor e que alguma oposição acusa de estar já a ser praticado pelo executivo com riscos de enormes indemenizações futuras... Enfim... Algo de estranho por ali se passa...

2005/03/23

Fernando Jorge, até sempre...

São sempre coisas dificeis de abordar, mais ainda quando conhecemos a pessoa em causa.

É por isso que quando recebi a SMS a avisar do sucedido até fiquei mal disposto. É sempre triste ver partir um jovem, mais ainda quando o conhecemos e estivemos juntos do mesmo lado da "barricada"...

Como nem tenho mais palavras para dizer o que sinto, fica apenas um link com uma noticia do sucedido.

Ao Fernando Jorge, um abraço enorme, até sempre...

2005/03/22

Quando iremos bater no fundo?

Já nem sei mais o que diga, o que pense, o que escreva...

Quando penso que já não é possivel ir mais abaixo, o FC Porto este ano consegue descer um pouco mais fundo no buraco que escavou e se meteu!

Ontem, mais uma vez, o McCarthy acabou o jogo à meia-hora com a 3ª (!) expulsão da época (sem contar com dois sumarissimos por atitudes/agressões que os árbitros não puniram no jogo), o Baia voltou a fazer tolices, o Seitaridis devia ter metido a mão do recto (!) e o Maniche e o Costinha estão em sub-sub-sub-rendimento! O Quaresma diverte-se sozinho, o Bonfim e o Ibson até nem parecem maus, mas ainda nem devem saber os nomes dos colegas de equipa, quanto mais onde eles estão em cada momento do jogo. O único que escapou ao naufrágio colectivo foi o capitão Jorge Costa, com uma raça e atitude que não se viu em mais ninguem...

Até onde vamos descer ainda? Iremos finalmente ganhar o primeiro jogo em casa este ano de 2005 ao fim de um jejum que dura desde o longinquo dia 16 de Dezembro de 2004 no embate contra o Moreirense? Conseguiremos a qualificação directa para a Liga dos Campeões, garantindo no mínimo o 2º lugar final? Para ser muito sincero, neste momento tenho tantas dúvidas que até já olho com medo e desconfiança para o Vitória a 5 pontos de distancia no 6º lugar...

PSD de Guimarães com Marques Mendes

Eu já não tinha muitas dúvidas, mas ao surgir uma lista B no domingo à noite - que não se conotando com nenhuma das candidaturas como a da lista que eu integrava (que apoiava Marques Mendes), dava claros sinais de aproximação à candidatura de Filipe Menezes - fiquei apreensivo.

Mas foram só 24 horas de apreensão, porque os militantes de Guimarães responderam de forma cabal e estrondosa, pois 230 eleitores votaram na lista A de apoio a Marques Mendes, 31 eleitores votaram na lista B (próxima de Filipe Menezes) e 2 eleitores votaram em branco. 88% para a lista A e 12% para a lista B, sendo que o mais importante, isto é, os delegados, foram eleitos os 6 em disputa pela lista que integro e nenhum pela lista B.

Um claro 6-0 que demonstra claramente que Guimarães está com Marques Mendes no XXVII Congresso Nacional do PSD.

Assim, foram eleitos os seguintes delegados por Guimarães:
1 - José Manuel Antunes
2 - Paula Damião
3 - Rui Armindo Freitas
4 - André Coelho Lima
5 - Nuno Silva Leal (eu...)
6 - Carlos Vasconcelos


Ainda são delegados por inerência e sem direito a voto Rui Vitor Costa (1º vereador eleito do PSD em funções à CM Guimarães) e Emidio Guerreiro (deputado na Assembleia da República).
Guimarães em grande!

2005/03/20

Congresso da JSD no Fundão

Terminou com a vitória do candidato da lista B, que derrotou o até agora presidente, Jorge Nuno Sá.

Este foi um presidente que começou mal. Logo na sua eleição, uma reportagem da TVI em que este era entrevistado demonstrava claramente o défice de preparação deste dirigente para ocupar um cargo que já foi de pessoas como Carlos Coelho, Pedro Passos Coelho ou Jorge Moreira da Silva. O declinio começou com a liderança de Pedro Duarte e - sei do que falo - em especial por causa da sua equipa e de alguns dirigentes que não tinham (provavelmente não têm ainda) qualquer categoria.

Jorge Nuno Sá foi lá colocado por uma questão de gestão de sensibilidades, tenho para mim que por uma questão de vaidade de quem lá estava antes em decidir quem para lá ia depois e de assim ouvir dizer aquele célebre ditado "depois de mim virá quem de mim bom fará"!

Agora, não sei como vai ser a JSD dos próximos tempos, mas creio que o meu amigo Rui Armindo terá a vida dificultada por causa da lealdade que sempre manifestou aos seus presidentes (de distrital e de nacional), mas sei que saberá dar a volta por cima e ainda acredito que o poderei ver, talvez daqui a dois anos, subir ao lugar mais alto da JSD nacional... porque merece, porque é uma pessoa que começou "de baixo" na estrutura de Guimarães e sempre se soube impor através da sua competencia e categoria. Rui, o futuro é teu!

Quanto ao novo presidente, Daniel Fangueiro, espero que possa e saiba honrar esta estrutura partidária e não se rodeie de maus elementos, que os há sempre em todos os lados, de forma a dar um novo impulso à JSD.

2005/03/17

Criança em risco (I)

Realiza-se amanhã, dia 18, pelas 18H00, na Biblioteca Municipal Raúl Brandão, aqui em Guimarães, uma conferência dedicada à temática da "Criança em Risco", a primeira de 3 conferências a realizar até ao mês de Maio e e que culminará com uma mesa redonda em Junho.

Esta conferência é uma iniciativa conjunta da Associação de Apoio à Criança, de Guimarães, e do "meu" Fórum Vimaranis, que entederam que a questão da proteccão das crianças deve ser encarada como uma prioridade de toda a sociedade e é hoje um tema da actualidade no nosso país.

O Fórum Vimaranis e a Associação de Apoio à Criança, cientes de que muito está por fazer em matéria de protecção das crianças em risco, de que, em especial na nossa cidade, é preciso alertar e mudar mentalidades, decidiram unir esforços para promover um Ciclo de Conferências em torno deste tema.

Esta primeira conferência será proferida pelo Sr. Dr. Luís Villas Boas, Director do Refugio Aboim Ascensão em Faro e Presidente da Comissão de Elaboração da Nova Lei da Adopção e da Comissão de Acompanhamento da Execução desta Lei.

O "Linha de Rumo" n'O Povo de Guimarães

Numa reportagem sobre os blogues em Guimarães, este Linha de Rumo teve direito a honras de destaque por ser, talvez, o mais antigo ainda on-line e que mais se aproxima do conceito de bolg mais difundido, com introduções diárias.

Ao Samuel, autor da reportagem, os meus agradecimentos pela entrevista e destaque dado.

XXVII Congresso Nacional do PSD

Já tem página na internet. É aqui.

2005/03/16

2005/03/15

Finito

Acabou... Como eu disse, podia dar para qualquer lado, infelizmente deu Inter.

A realçar a péssima forma fisica do Costinha, o mau jogo do Maniche, o erro de casting do Cláudoio, os passes errados do meio-campo com constantes perdidas de bola e ainda o desacerto constante da defesa.

Mas fica sempre um travo amargo pois um FC Porto um nadinha melhor do que isto era sufeciente e chegava para este Inter...

Intervalo

Isto não está mau nem está bom... Estamos a perder 1-0, mas se marcarmos empatamos a eliminatória... Temos controlado o jogo, mas não demonstra convicção no controle do jogo e não se traduz em grandes oportunidades... Os 3 centrais não têm comprometido, mas também não trouxeram nada de especial à equipa... O Costinha e o Maniche estão a jogar abaixo do que sabem e podem fazer, em especial o Ministro... O Claúdio não gosto de ver jogar, gostava mais do que li no jornal quando se falava que iamos contratar o Pitbull... Enfim, isto tanto pode dar para um lado como para o outro...

Para concluir: vou ficar chateado se o FC Porto for eliminado pelo Inter porque mesmo no péssimo momento de forma que atravessamos, o FC Porto tem mostrado que não só não é inferior como até tem mais equipa que o Inter...

Vamos a ver no que isto dá hoje

O FC Porto já está a jogar há 5 mminutos e ainda não está... ops! Já está a perder! E a táctica foi ao ar! A equipa estava a perder muitas bolas no meio campo e pronto, numa delas o Adriano já a enfiou lá dentro...

E agora?

Das duas uma: ou dá uma grande joga do FC Porto ou vai ser outra abada tipo o jogo da sexta-feira...

Conferência de Imprensa de apresentação da lista de apoio ao dr. Luís Marques Mendes à liderança do PSD (XVII Congresso)

A Comissão Política Concelhia do Partido Social-Democrata, em reunião alargada com as estruturas locais da Juventude Social-Democrata, com os vereadores eleitos nas listas do PSD e com a liderança da bancada do nosso partido na Assembleia Municipal de Guimarães, pronunciou-se de forma unânime e firme sobre o apoio à candidatura de Luís Marques Mendes à liderança do PSD, que se decidirá no XXVII Congresso do partido a decorrer nos dias 8, 9 e 10 de Abril na cidade de Pombal.

Tal decisão, e o apoio claro que ela implicou, levou a que a comissão política concelhia de Guimarães tivesse entendido que se deveria promover uma lista ao congresso, e que essa lista deveria ser liderada pelo presidente da comissão política. Por isso estamos aqui hoje para, publicamente, anunciar a disposição de nos candidatarmos, para afirmarmos com que propósito o fazemos, bem como para anunciar a composição da lista de apoio ao dr. Luís Marques Mendes. Este anúncio público tem não só o objectivo de divulgar junto dos militantes a nossa convicção sobre o melhor futuro para o partido, mas também, e sobretudo, para afirmarmos aos vimaranenses aquelas que são as nossas ideias ao nível da liderança nacional do PSD.

O nosso apoio ao dr. Luís Marques Mendes baseia-se em duas convicções fundamentais: uma resulta das ideias que o candidato tem defendido para o PSD – não só no âmbito da candidatura, mas também ao longo da sua vida política e dos imensos debates e colóquios em que participou, nomeadamente em Guimarães-, a outra tem a ver com a capacidade, a integridade e a inteligência que lhe reconhecemos em termos políticos e em relação à capacidade de liderar um projecto social-democrata concreto para o futuro de Portugal.
Quanto ao primeiro aspecto entendemos que, também em coerência com todo o trabalho que temos desenvolvido em Guimarães, o dr. Luís Marques Mendes é a pessoa certa para “recentrar” politicamente o PSD e tem a credibilidade necessária para promover a abertura do partido à sociedade e a sua natural renovação por essa via.
Como os vimaranenses sabem, se há preocupação que temos tido em Guimarães são as pessoas e os seus problemas. Nunca o PSD, como foi e é público, teve qualquer complexo em abordar o problema do desemprego em Guimarães, escolhê-lo como principal preocupação, lutar e conseguir um conjunto de medidas para minorar os seus efeitos e preparar o futuro de forma sustentada. O mesmo se passou e passa ao nível do incansável esforço para defender as vilas e freguesias de Guimarães – na descentralização que defendemos -, ou mesmo quando fazemos uma oposição sempre pela positiva através dum conjunto inovador de propostas para Guimarães que o PS tem, sobranceiramente, chumbado.
Como os vimaranenses sabem somos um partido aberto que vai buscar as suas ideias à sociedade, que promove debates, que reúne e, fundamentalmente, que quer ouvir as pessoas.

Naturalmente Marques Mendes tem sabido e querido abordar os principais problemas dos portugueses.
Naturalmente Marques Mendes defende uma maior abertura do partido à sociedade e um melhor funcionamento interno.
Naturalmente só podemos concordar com a determinação de Luís Marques Mendes em nos ancorarmos na nossa matriz social democrata:
- na defesa de uma sociedade personalista-humanista preocupada com o bem-comum e com a justiça social.
- na afirmação do predomínio do interesse público sobre o interesse privado.
- na descentralização das estruturas do poder e na reforma do sistema político.
- na defesa da igualdade de oportunidades para os cidadãos deste país.
Por isso estamos, naturalmente, com ele!

Mas, além disso, porque cremos que o dr. Luís Marques Mendes tem a enorme vantagem de ser um cidadão credível e um cidadão capaz de credibilizar o PSD e, através do partido, de servir Portugal.
A necessidade do PSD ter uma liderança capaz de servir Portugal e os portugueses é a nossa principal preocupação. O PSD tem uma história rica de serviço a Portugal. O PSD tem, como todos os partidos e instituições, momentos melhores e momentos piores. Temos atravessado momentos menos bons ultimamente, para os quais não vale a pena arranjar culpados mas sim soluções.
O nosso entendimento é o de termos em Luís Marques Mendes a solução ideal para o PSD e para Portugal.
Daí o nosso apoio.

A composição da lista é a seguinte:
1-Rui Vítor Poeiras Lobo da Costa
2-José Manuel Fernandes Antunes
3-Rui Armindo da Costa Freitas
4-André Guimarães Coelho Lima
5-Daniel André de Sousa Rodrigues
6-Nuno Henriques de Carvalho da Silva Leal

Suplentes:
César Nuno da Costa Teixeira
Maria Francisca Fernandes de Almeida
José Miguel Antunes Almeida
Rui Alexandre Barros da Cunha Pereira

As eleições decorrerão no dia 21 de Março, segunda-feira, entre as 18h e as 23h, e esta será a Lista A.

2005/03/14

Marques Mendes em grande!

Não, não é brincadeira! Apesar da sua baixa estatura fisíca, Luís Marques Mendes diz que Portugal precisa de um PSD forte (no que tem toda a razão) e agigantou-se na sessão de esclarecimentos que fez no sábado passado para demonstrar que tem um programa para isso.

Por falta de tempo, não vou poder estander-me aqui sobre o que falou, mas isso pode ser lido em vários jornais (por exemplo, no Público hoje).

Cada vez mais o re-afirmo: se for eleito para o Congresso, voto em Luís Marques Mendes!

2005/03/12

Marques Mendes em Braga para apresentar a candidatura ao PSD

Hoje à noite, pelas 21h30, Luís Marques Mendes apresenta a candidatura numa sessão de esclarecimentos distrital no auditório da Associação Industrial do Minho.

Eu vou estar, como é evidente. Porque o meu apoio a Marques Mendes é convicto e não é de hoje, já durante o último Congresso aqui o afirmei (ver o post de 13 de Novembro).

Uma vergonha, miserável exibição e humilhante resultado!

Isto é vergonhoso, nunca vi jogadores do FCP tratarem tão mal uma bola, não suaram a camisola, não deram o litro nem se esforçaram!

Já andava cansado de ver o FCP jogar este ano, já tinha saído ao 3º golo do Braga, mas nunca pensei que alguma vez iria assistir a um espectáculo tão vergonhoso como este.

Não sei o que se passa no balneário, mas não é normal ver 11 "matrecos" que parecem ter-se juntado meia hora antes do jogo vestidos de azul e branco - porque foi isso que se passou hoje - mas sei que quem deu ordens para contratar - e avalizou - jogadores como o Pitbull (tecnicamente 0) ou o Quaresma (tecnicamente 20 mas não dá nada para a equipa) ou o Léo Lima (já no Maritimo não andava a fazer nada de especial) ou o Postiga (ainda por cima trocado pelo grande Pedro Mendes) ou... como dizia, quem deu ordens e avalizou a contratação e venda de tanta gente é o verdadeiro culpado. É Pinto da Costa? É Reinaldo Teles? É Vitor Fernandez? É Del Neri? Não sei se foi um deles ou se foram todos eles...

Por último, o treinador hoje. Couceiro pode não ter - e não tem - culpa da equipa que recebeu. Mas quando deixa o Maniche na bancada e quando abre uma "autoestrada" para o Nacional ao retirar o mais rápido dos defesas e jogar com 3 defesas apenas - e o Ricardo Costa não é conhecido pela velociade e o Jorge Costa nem se fala - contra dois atacantes rápidos, foi uma goleada também no resultado táctico...

Enfim, eu nem sei o que diga mais... Que não pretendo voltar ao Dragão esta época, por exemplo. É que para alem de ter gasto 150 euros a comprar o bilhete de época, mais 18 euros para o bilhete do Inter, ainda gasto cerca de 5 euros em portagens, mais 2 em estacionamento, mais 1,6 no Metro e tenho de fazer 110Km para lá chegar! E muito sinceramente, enchi e cansei-me de ver estes jogos miseráveis! Tenho muito orgulho em ser do FCP e não deixo de ser sócio e apoiante - mas ter de gastar 10 euros por jogo para ver jogos miseráveis como este, já é demais...

2005/03/10

Fraude

Do dicionário Dolo, Burla, Engano, Logro, Contrabando.

Esta é a acusação que pende sobre o presidente da Câmara Municipal de Guimarães. Não foi ainda condenado, é um facto, mas não seria o suficiente para que suspendesse o mandato e se afastasse até à conclusão do processo?...

2005/03/09

A ler: "Adentro", opinião de Rui Vitor Costa

N'O Comércio de Guimarães desta semana a reter o texto de opinião do líder do PSD de Guimarães, Rui Vitor Costa, intitulado "Adentro".



Sobre o filme espanhol não me pronuncio pois não o vi, mas no restante concordo em grau, género e número!

Diversos...

1. Guterres deu aula sobre democracia... no Iraque!
Depois de se manifestar contra, da internacional socialista ter vilipendiado o presidente Bush e a "invasão" do Iraque, pensei que nunca iria lá ver algum dirigente de esquerda a dar "aulas" sobre democracia aos iraquianos "invadidos"! Enganei-me...

2. Presidente da Câmara Municipal de Guimarães acudado de burla!
Devido ao já famoso "caso" do financiamento do estádio do Vitória Sport Clube, o Estádio D. Afonso Henriques, o actual presidente da Câmara está a enfrentar uma acusação de burla devido à forma como foi feito o processo de candidatura a fundos comunitários (explicando de uma maneira grosseira e simplista, tentou dizer que o estádio era municipal e não privado de forma a poder obter alguns financiamentos europeus apenas acessiveis para obras públicas para o que apresentou documentos errados de uma forma aparentemente deliberada no processo de candidatura) mas não se demite nem suspende funções. Como é evidente, o bom nome da CMG está neste momento e desde já manchado por causa dos "enganos astuciosos" a que recorreu quem organizou o processo assinado pelo Presidente da CMG...

3. A SuperLiga mais louca de que há memória!
O FC Porto, Benfica e Sporting insistem em desperdiçar pontos de tal forma que à 24ª jornada o Braga e o Boavista seguem ali encostados aos 3 grandes, sempre juntos também eles... Neste momento há claramente 5 candidatos ao título e eu já não sei quem irá ganhar no final da época...

4. 9 anos de Sampaio!
Irra! Nove anos é muito tempo e ainda o temos de aturar mais um ano até se ir embora... Não esquecer que este foi o presidente que primeiro nada fez para impedir que Guterres não governasse e levasse o país para a crise (o Prof. Cavaco Silva bem avisou do "monstro" do défice...) e depois não hesitou em preparar o caminho para que o seu partido (ele que nunca deixou de ser militante do PS) ganhasse as eleições. Irra! Irra!

5. Seca!
Se em Março já há incendios e se não chove em quantidade sufeciente para colocar os niveis hidricos onde estes deveriam estar, este verão irá ser muito, mas mesmo muito, complicado...

I'm back...

Estou de volta do espaço exterior...

A Sara voltou para Pisa e eu voltei à minha rotina habitual, que inclui mais regulares actualizações deste blog.

2005/03/07

O Governo

Por falta de tempo, nem o vou transcrever aqui. Até porque é tão fraquinho que nem merece...

Ainda por cima, é demasiado "laboratorial", "acéptico"! 16 ministros, 8 independentes, 8 filiados no PS; 16 ministros, 8 provenientes das universidades, 8 dos mais diversos meandros...

Algumas referências.

Mariano Gago. Não fez nada de especial em 6 anos de guterrismo, mas tem agora direito a tentar fazer outra vez alguma coisa...

Alberto Costa. Depois de nada ter feito nos 6 anos de guterrismo (este não é o meu ministério, lembram-se?) na Administração Interna, tem direito a pegar numa das mais pesadas e complicadas pastas, a Justiça. Isso cabe na cabeça de alguém?

Arnaud. É o grande responsável do nosso caótico sistema de sáude, o "pai" do Serviço Nacional de Saúde. Em 3 anos as coisas estavam muito melhores, com a introdução e difusão dos genéricos, a com a criação dos Hospitais SA e o cheque-doença para combater as listas de espera. O pior volta a temer-se novamente...

Freitas do Amaral. Para já, tudo parece indicar que Sócrates não teve a mesma força e coragem de Durão Barroso que também ele recebeu identico apoio mas que não o "ministeriou", apenas o colocou em lugares simbólicos de comissões disto ou daquilo... Depois, o senhor devia perceber que a água do rio não passa duas vezes debaixo da mesma ponte: ele já foi ministro dos estrangeiros há mais de 20 anos, não devia estar aqui e agora outra vez. E o pior é que vamos ter um ministro dos negócios estrangeiros que ultimamente tem tomado mais posições radicais de esquerda que muitos esquerdistas...

2005/03/05

Filmes [2]: Million Dollar Baby

Este filme é FA-BU-LO-SO!



Fiquei siderado, foi um autentico murro no estomago.

A estrutura narrativa é excelente, com o Morgan Freeman a ler aquilo que apenas na última frase do final do filme percebemos que é (não, não vou dizer). A evolução ao longo do filme, que vai da pura comédia (a conversa entre Freeman e Clint Eastwood sobre meias e buracos é surreal...), passa pela violência (ou não fosse um filme sobre boxe) e culmina com uma enorme carga dramática (onde Hillary Swank atinge um elevadissimo nível e terá justificado o Óscar) - um dos melhores filmes que vi nos últimos anos e fiquei rendido a Clint Eastwood, com quem nunca simpatizei, mas que aqui terá atingido um ponto alto, muito alto, na sua carreira quer de actor, quer de realizador.

A não perder e a comprar o DVD assim que possivel para mais tarde recordar!

Sinópse:
"Frankie Dunn (Clint Eastwood), sempre treinou e geriu as carreiras dos melhores boxeurs, numa vida passada no ringue de boxe. A mais importante de todas as lições que ensina a quem treina, é aquela que aplica na sua vida: protege-te a ti mesmo!
Na sequência de um doloroso afastamento da sua filha, Frankie revela uma já longa dificuldade na aproximação aos outros, e apenas lhe resta o amigo Scrap (Morgan Freeman), um ex-boxeur que cuida do ginásio de Frankie e que sabe que debaixo da expressão rude, está um homem que visita a Igreja há 23 anos, na procura de um perdão que o vai mantendo vivo.
É então que entra em cena, no ginásio de Frankie, Maggie Fitzgerald (Hilary Swank), que sempre teve pouco da vida, mas que ao contrário de muitos, sabe bem o que quer e tem a determinação necessária para o alcançar. Numa vida de constante luta, Maggie demonstra uma tremenda força de vontade e, mais que tudo, deseja que alguém acredite nela e a treine.
Frankie foge da responsabilidade e desde logo tenta afastar Maggie dizendo-lhe que é demasiado tarde para a treinar. Mas Maggie entrega-se ao treino no ginásio, apenas com o apoio de Scrap, cativando Frankie lentamente, numa relação de inspiração mútua e partilha da dor do passado.
O que não sabem, ainda, é que terão de enfrentar um desafio que irá exigir mais coragem e alma do que podem imaginar.
"

2005/03/02

Brito, 0H45, -4,5ºC

Bbbbrrrrrr... Está mesmo frio! Nunca vi temperaturas tão baixas aqui, ainda mais nesta altura do ano.

O meu carro, há meia hora atrás, marcou um minimo de -4,5ºC na Vila de Brito. Acho que já vi pinguins e ursos polares...

2005/03/01

Bilhetes dos U2: a grande barraca! (II)

Hoje recebi um email que me pareceu ter sido enviado directamente da Ritmos & Blues para mim, apesar de parecer ser um email generalizado de informação.

E se refiro aqui este facto é porque o email não tem qualquer resultado nem interessa nada, já que a primeira frase diz tudo sobre o espirito da coisa. E o que diz então a primeira frase?

Por um lapso de processamento administrativo interno foram apenas disponibilizados um número irrisório de bilhetes para o concerto, nas caixas Multibanco.


Ora como se pode ler, a firma não assume o que fez, atira o problema para um inopurtuno "lapso de processamento admnistrativo interno" que não justifica nada. Mais ainda, refere que esses bilhetes que não foram vendidos na rede MB serão vendidos na... BP, para que não cause "congestionamentos" na rede novamente, tão altruístas que eles são!

Vamos lá a ver se nos entedemos! A firma R&B não terá que pagar uma taxa pela venda de cada bilhete pela rede MB? E não terá a BP pago uma boa quantidade de dinheiro para poder patrocinar este concerto? Logo, não venham com o papel de altruísmo que essa comigo não cola...

Mais ainda! A questão do cartão da BP que agora já não é necessário... Não venham com o paleio que "há mais de 3 milhões de cartões" e desses "mais de metade com mais de 1200 pontos". É que 1200 pontos era para um bilhete, para 4 são precisos 4800! E mais, se há 3 milhões de cartões, tal significa que há 7 milhões de portugueses que não têm esse cartão, como eu! E só para ir a uma bomba da BP eu tenho de andar 6 Km; e para ir à bomba de Braga comprar bilhetes teria de andar mais de 20 Km; já para ir ao multibanco, só tenho que sair de casa e andar 20 metros... Se assim não fosse, nem a FNAC (que inicialmente obrigava a ter cartão) nem a BP abdicavam dessa norma que inicialmente impunham. Ou será que é mesmo verdade que os U2 iriam ficar chateados por saberem que estavam a ser utilizados para promover a venda de produtos e cartões de fidelização?

Por fim, a última frase que alertam para a necessidade do público se pautar "pelos mais elevados padrões de civismo" é cuspir para o ar, perdooem-me o termo! Então eles é que não colocam os bilhetes para venda geral, de forma a que todos possam ter acesso de forma igual, sem necessidade de noitadas à porta de lojas e bombas de gasolina e o público que lhes enche os cofres e o estádio é que não tem comportamentos cívicos? Meus caros amigos, metam o vosso civismo... naquele sitio que eu estou a pensar! Rotos!

Anexo abaixo o texto do email para que todos se possam saboriar com esta deliciosa prosa, candidata ao Razzie de pior argumento para o próximo ano...

Relativamente às notícias difundidas pela comunicação social referente ao concerto dos U2, vimos comunicar o seguinte:

Por um lapso de processamento administrativo interno foram apenas disponibilizados um número irrisório de bilhetes para o concerto, nas caixas Multibanco.

A Ritmos e Blues lamenta o sucedido garantindo que os bilhetes, afectos ao Multibanco, serão redistribuídos pelos postos BP, para evitar novamente os problemas verificados com o congestionamento da rede das ATM.

A R&B escolheu a BP como parceira de venda de bilhetes para o concerto dos U2 a realizar no dia 14 de Agosto no Estádio de Alvalade, por esta ser uma companhia com uma significativa penetração geográfica.

Para este efeito a BP disponibilizou pontos de venda no Porto, Braga, Aveiro, Lisboa, Setúbal e Faro. Deste modo a BP e a R&B visaram tornar os bilhetes mais acessíveis e próximos da generalidade do público, evitando excessivas concentrações em reduzidos pontos de venda nos grandes centros urbanos (Lisboa e Porto), com os inerentes riscos de segurança resultantes das concentrações atrás mencionadas.

Na lógica do ponto anterior (potenciar a máxima acessibilidade geográfica aos fãs) e face ao verdadeiro fenómeno de procura dos bilhetes em causa, a BP irá também disponibilizar pontos de venda na Madeira (Posto de abastecimento Campo da Barca) e Açores (Posto de abastecimento Antero de Quental).

O único e real objectivo da BP e R&B ao exigir cartão BP Premierplus com 1.200 pts para os bilhetes vendidos na BP foi segmentar o público em geral de modo a uniformizar a pressão sobre as bilheteiras o mais possível, mitigando deste modo os riscos de segurança associados a este tipo de fenómenos dada a existência de vários canais de venda de bilhetes (postos de abastecimento BP, FNAC, Internet, Sporting, Agências de Alvalade e Abep). A BP tem 3 milhões de cartões BP Premierplus activos dos quais cerca de 50% têm mais de 1.200 pontos, como tal merecem-nos as maiores reservas todas as teses referindo objectivos de potenciação de vendas através desta iniciativa. Note-se que a BP sempre afirmou e garante comercializar todos os bilhetes sem qualquer taxa acrescida , o que não se verifica nos outros pontos de venda, reafirmando a vertente não comercial da associação da BP a este evento.

Pelo facto de todos os outros pontos de venda, detentores de ingressos, terem esgotado os respectivos bilhetes num período nunca imaginável em Portugal e, sendo neste momento a BP a única entidade detentora de bilhetes, esta decidiu disponibilizar todos os bilhetes em seu poder nos seus postos sem qualquer restrição nem taxa adicional, num máximo de 4 bilhetes por pessoa, sendo que, os detentores do cartão BP Premierplus continuarão a ter acesso à oferta previamente estabelecida sem, no entanto, terem qualquer prioridade face a outro potencial comprador.

É importante referir que o cartão BP Premierplus é gratuito e entregue no acto de consumo em qualquer posto de abastecimento BP, fazendo parte da estratégia da mesma continuar a potenciar iniciativas do género em Portugal através do seu programa de fidelização, como foi o caso do Rock in Rio 2004 e concerto Phil Collins em Alvalade na véspera da Final do Euro 2004.

Notar que as datas inicialmente previstas pela BP para venda de bilhetes se irão manter, sendo que no caso de se esgotarem todos os bilhetes no dia 01/03/2005, as restantes duas datas serão anuladas.

Esta redefinição da estratégia inicial que visava segmentar o público de modo a mitigar fluxos e concentrações excessivas em pontos de venda, terá como risco inerente uma maior concentração de fãs nos postos de abastecimento da BP. Como tal, pedimos aos órgãos de comunicação social em geral que alertem o público para a necessidade de um comportamento pautado pelos mais elevados padrões de civismo, enquanto aguardam ordeiramente o ambicionado bilhete de modo a que Portugal seja palco do maior e melhor concerto dos U2 de todos os tempos.