2010/10/03

Energia solar, o futuro?



Apesar de estar em castelhano, este estudo de mercado para Portugal sobre a energia solar, neste caso nas suas vertentes foto-voltaica e térmica, percebe-se como somos atrasados na mentalidade e nos gastos dos dinheiros públicos - basta ver o que países como a Alemanha têm feito e investido nesta área (com metade dos dias de sol disponíveis por ano) e pensar porque em Portugal se insiste nas barragens e noutras formas "menos limpas" de se produzir energia. Segundo este estudo, Portugal tem a pior taxa de eficiência energética da UE, tornando-o assim extremamente dependente face a outros países no que toca à importação de energia - e depois falam do problema do défice, quando se importaram em 2008 cerca de 1274 milhões de Euros em electricidade...

Outro caso claro de desperdício desta enorme fonte de energia "limpa" é Angola, cujo número de horas de sol por ano deve ser tremendo e com um défice terrível de produção de energia - mas aqui olham preferencialmente para a forma de energia que mais lhes traz proveitos, na forma de venda de petróleo...

Esta é uma aposta que os governos deveriam levar mais a sério e gastar menos dinheiro de forma disparatada em soluções que nada trazem ao cidadão comum e que não estão a preparar nem a deixar gerações futuras com melhores condições de vida.
Enviar um comentário