2010/12/04

A falta que fazes hoje...

...nota-se a cada dia que passa!



Homens de rectidão e coragem de afrontar costumes e falsas morais é um dos refúgios, poucos, que nos restam nestes dias em que somos invadidos por homens de fachadas construídas, sem moralidade e baixa ética, de princípios dúvidosos, em que o imediato tem mais valor, só vem acentuar essa mesma perda que o país sofreu nessa já longiqua noite de 4 de Dezembro de 1980.

Lamento. Lamento porque Homens destes não deveriam morrer assim. A falta que fazes hoje...
Enviar um comentário