2013/02/08

Do Portugal x Equador

Imagem MaiorTV
Uma semana complicada impediu-me de comentar mais cedo o jogo amigável da selecção na passada quarta-feira.

Como rescaldo, algumas conclusões breves:

1) Apesar da boa casa, o estádio não encheu; bilhetes de 10€ para cima, mesmo com oferta de 50% no cartão Continente e entrega de 2€ à missão sorriso não ajudaram... já se os bilhetes em vez de 10€ lhes retirassem os 5€ dos descontos e os 2€ da missão sorriso, custariam apenas 3€... e alguém dúvida que com bilhetes a partir desse preço o estádio teria esgotado?

2) A convocatória de Paulo Bento também não ajudou, ao trocar lesionados por jogadores de um clube e de um empresário que não mostraram qualquer razão para serem convocados nos últimos tempos: há várias semanas que não joga num dos casos e que joga apenas alguns minutos finais no outro... jogadores como esses há muitos por aí, só que não são desse clube e desse empresário; se tivesse chamado algum jogador de Guimarães (e podia ter chamado 2 para os lesionados, como o Tiago Rodrigues e o Amido Baldé) que mesmo que não jogasse, provavelmente atraitia muito mais gente de Guimarães para ver o jogo na expectativa de ver jogadores do clube local na selecção!

3) No jogo parecia Ronaldo e mais 10... há um fora de série, que é Ronaldo e há os restantes a um nível inferior... e uns mais inferiores que outros: Eduardo, João Pereira, Coentrão ou Postiga são enxertos de fraca cepa, Rui Patrício  Bruno Alves, Pepe, Moutinho, Meireles ou Nani sempre são de uma casta muito melhor. E esse tem sido o problema da selecção: é que há cada vez mais enxertos de fraca qualidade e cada vez menos pés de qualidade superior!

4) Se este Equador foi escolhido porque é parecido com Israel, nas palavras dos directores e seleccionador da FPF, então daqui a cerca de um mês vamos ter muitas dificuldades em ultrapassar esse adversário se Paulo Bento não encontrar outra forma táctica de tirar melhor proveito dos elementos que tem à disposição - só espero que ao 5º jogo a selecção não esteja de fora das contas da qualificação para o mundial do Brasil: o público não merece isso e Ronaldo também não!
Enviar um comentário