2012/12/04

Camarate, 32 anos depois

O assassino de Francisco Sá Carneiro aconteceu há 32 anos atrás. Poderia ser hoje outro o Portugal que temos. Infelizmente, de propósito ou como "dano colateral", não deixaram Sá Carneiro continuar o seu Governo e a sua Vida dedicada à causa pública, à Democracia, a Portugal.


Nota final para um dos seus maiores adversário políticos. Hoje mesmo, dia dos 32 anos do seu assassinato, escreveu no DN uma crónica que demonstra bem a sua baixeza política: nem uma palavra sobre o assunto, antes deixa um aviso (ou ameaça?) ao actual primeiro-ministro, "Tenha, pois, cuidado com o que lhe possa acontecer. Com o povo desesperado e, em grande parte, na miséria corre imensos riscos." É isto que distingue o grande Homem que foi Sá Carneiro, como se vê no vídeo acima, dos pequenos políticos e politiquices que outros promovem ainda nos dias de hoje.
Enviar um comentário