2008/07/02

Arrancou


Nova época, mais vitórias, esperam, como habitualmente, os portistas. Inicio conturbado pela ausencia de algumas das pedras fundamentais que andaram a participar em jogos de selecções até há bem pouco tempo.

Mas as expectativas são altas. Apesar da mini-revolução que aconteceu no plantel, com entrada de mais alguns argentinos e sul-americanos, julgo que a equipa, apesar das saídas do Paulo Assunção, Bonsingwa e Quaresma (esta não confirmada mas iminente) poderá ter capacidade de se manter os 15/20 pontos à frente dos adversários e, no mínimo, chegar aos oitavos de final da Liga dos Campeões. Não contando com as competições menores que são, sempre, para ganhar (Taça de Portugal, Taça da Liga e Supertaça).

A nível de jogadores tenho esperanças de ver uma boa época do Rodriguez, pelo que o vi fazer o ano passado - é verdade que em terra de cegos quem tem um olho é rei...

E espero que os "antigos" continuem a trabalhar com o mesmo empenho e qualidade que o têm feito.

Só tenho pena é na fraca aposta nalguns portugueses formados em casa em detrimento de alguns desconhecidos. Casos do Vieirinha, Bruno Gama e Paulo Machado que continuam a rodar em clubes para ver chegarem jogadores que são incógnitas como o Guarin ou o Benitez ou o Tomás Costa, por exemplo. Mas é o futebol que temos...
Enviar um comentário