2013/05/30

Leituras [74] - As Sete Maravilhas do Mundo, de Steven Saylor

Mais uma obra de um dos meus autores favoritos, que nos transporta mais de 2000 anos no tempo e nos descreve, desta vez, a fantástica viagem que Gordiano, o Descobridor, fez pelo mundo conhecido para nos mostrar "As Sete Maravilhas do Mundo" antigo:

  1. a grande pirâmide de Gizé (2550 a.C.)
  2. os jardins suspensos e as muralhas da Babilónia (600 a.C.)
  3. a estátua de Zeus em Olimpia (432 a.C.)
  4. o templo de Artemisia (ou Artémis) em Éfeso (356 a.C. mas conhecida uma reconstrução em 750 a.C.)
  5. o mausoléu de Halicarnasso (350 a.C.)
  6. o colosso de Rodes (290 a.C.)
  7. o farol de Alexandria na ilha de Faros (280 a.C.)


Como habitualmente, Saylor faz descrições muito vivas do mundo e do estilo de vida de então, explicando comidas, roupas ou monumentos com precisão e vivacidade. Ler o livro é ser transportado até aos locais descritos, no seu tempo.

A história desta vez leva-nos até ao jovem Gordiano, que com os seus 18 anos acabados de fazer, é enviado pelo pai com o seu tutor, o poeta Antípatro, por uma viagem pelo mundo para visitar todas as maravilhas do mundo antigo que, cerca de 92 a.C., já então eram ruínas - com a excepção da grande Pirâmide que ainda hoje sobrevive!

Em vários livros da série, o autor havia mencionado já esta viagem. Desta vez, finalmente, escreveu-a. Percebe-se assim, um pouco melhor, os antecedentes do personagem principal e como conheceu a sua mulher Betesda. Para quem segue a série, este é um livro imprescindível. Para quem nunca leu nenhum livro da série, este é o indicado para começar a ler as aventuras de Gordiano, o Descobridor.


Sinopse
Nesta cativante prequela à série Roma Sub Rosa, Steven Saylor leva-nos de volta aos dias de juventude de Gordiano. O ano é 92 a.C. e Gordiano acaba de completar 18 anos, prestes a embarcar na aventura de uma vida: uma viagem longínqua para ver as Sete Maravilhas do Mundo. Ainda não é chamado de O Descobridor - esse título pertence a seu pai. Acompanhando-o nas suas viagens segue o seu tutor, Antípatro de Sídon, o poeta mais famoso do mundo. Juntos, professor e aluno, embarcam numa viagem para as fabulosas cidades da Grécia e Ásia Menor, Babilônia e Egito. 


Críticas de imprensa 
«O conhecimento enciclopédico Saylor e o seu cuidado com o pormenor estão em exposição ampla, assim como a sua impressionante capacidade de tecer séculos de história numa uma narrativa de entretenimento. [Saylor consegue] proeza magnífica de contar histórias.»
Historical Fiction Review

«Saylor é um excelente guia através deste submundo fascinante. Um ficção histórica soberba.»
Booklist

«Saylor descreve vividamente o modo como a família sobrevive à destruição de Pompéia, ao incêndio de Roma e à perseguição de judeus e cristãos. O final [pode] ser sinal para outro volume desta série grandiosa.»
Publishers Weekly
Enviar um comentário