2011/12/17

12 semanas intensas...

...que levo no Mestrado de Gestão, começado a 1 de Outubro.

Foram 129 horas de aulas, 4 trabalhos "de casa" individuais, 3 trabalhos de grupo 2 apresentações de trabalhos de grupo e 2 exames, tendo já terminado as aulas do 1º grupo de 3 unidades currriculares do 1º semestre e estando já a decorrer o 2º grupo de 3 unidades curriculares que terminam no final de Janeiro.

Foram muitas horas de trabalho de grupo, com diversas reuniões nocturnas e uns dias dedicados a estudar para os exames.

Não está a ser fácil o ritmo. Mas está a ser extremamente interessante. Já fiz os exames de Fundamentos do Comportamento Organizacional e de Complementos de Marketing e para meados de Janeiro temos o exame de Princípios de Finanças (e não, não me ensinaram coisas que tenham ensinado ao Sócrates, bem pelo contrário...), as 3 unidades curriculares já concluídas. Estou a ter neste momento Metodologias de Investigação em Gestão, Contabilidade para Gestores e Métodos Quânticos Aplicados à Gestão...

Não só estou a adquirir vários conhecimentos de matérias das quais tinha apenas conhecimentos empíricos e nada científicos, como me está a ajudar a entender situações profissionais de gestão corrente que assumimos no nosso dia a dia e que, visto à luz das matérias que temos vindo a aprender parecem completamente diferentes e entendíveis.

Conforme vou aprofundando estes conhecimentos, vou pensando que todos os cursos (licenciaturas) deveriam ter uma componente de gestão integrada porque, um dia, nas nossas profissões, vamos estar colocados em posições de chefia onde temos de exercer a componente de gestão (seja de recursos humanos ou materiais, seja de stocks ou financeiros, etc) e, tal como me aconteceu a mim, faz-se com base na "tentativa-erro" e em experiências tidas anteriormente, porque não temos qualquer preparação cientifica para o efeito. Este Mestrado de Gestão, orientado a não gestores, é uma ferramenta muito boa para quem precisa deste tipo de conhecimentos no seu dia a dia - e, basicamente, todos precisamos...
Enviar um comentário