2011/12/09

Foi assim que eu estudei em Finanças...

...disse o ex-primeiro. E disse isso, conforme o video o demonstra cabalmente, sobre países como Portugal e Espanha não pagarem a dívida, que é eterna. Ele não disse, em momento nenhum, que era só sobre pagar agora, de uma vez, em poucas ou no curto prazo.

Ele simplesmente disse o que pensava - a mim, nunca me enganou - sobre a posição dele em relação a este assunto: precisa de financiamento, mas não paga.

O resto, são histórinhas de embalar crianças.

Fica o vídeo da prova, para memória futura:

Ah! E já agora, não foi assim que eu acabei de estudar em finanças. Bem pelo contrário, a ideia com que fiquei é que não só as dívidas não são eternas, como são para pagar e para evitar ter. O ideal, é termos orçamentos controlados, preferencialmente sem dívida e até excedentários, se possível...
Enviar um comentário