2012/08/31

Dois dínamos e um novo-rico árabe

Foi isto o que ditou o sorteio da Liga dos Campeões para este ano. Um velho conhecido e bom presságio de competições, os longínquos ucranianos do Dinamo de Kyev onde joga agora Miguel Veloso. Complicados, mas podem ser acessiveis se o FC Porto jogar como jogou no último fim de semana.

O outro Dinamo, o de Zagreb, é dominador na Croácia e joga lá outro português, este formado no FC Porto, onde era capitão dos escalões jovens e foi uma promessa adiada até ser cedido ao Sporting, Tonel. Aparentemente é o clube mais acessível do grupo, mas depois do ano passado ter visto o Apoel fazer o que fez, já não digo mais nada...

Por último, um dos clubes que mais tem investido (ou talvez mesmo o que mais investiu) desde há coisa de um ano ou dois, os franceses do PSG e que têm uma série de mais-valias individuais mas que, pelo que me parece, ainda não têm uma "equipa" propriamente dita. Mas quem tem craques como Ibrahimovic só pode esperar espectáculo desses jogos. Em teoria deverão ser os favoritos do grupo, mas isto da atitude dos jogadores em campo tem muito mais que se lhe diga do que parece...

Previsão: 2º lugar no grupo. A correr muito bem, o primeiro. A correr à "Vítor Pereira", o 3º já não é mau prémio de consolação. Inadmissível: ficar em último...

AH! E faltam 24 horas para encerrar este agoniante mercado de Verão e o Hulk e o Moutinho (ainda) não saíram...
Enviar um comentário