2013/01/01

2013, o ano da esperança

Esperança num ano melhor profissionalmente, politicamente e academicamente.

Profissionalmente, porque a minha área profissional atravessa a mais grave e longa crise desde o 25 de Abril, que se reflecte de forma dramática no trabalho disponível para mim e para todo o sector. Espero que 2013 seja o ano do turn-over, tenho esperança que o sector vai começar a recuperar.

Politicamente, porque acredito que este será o ano de viragem política na CM Guimarães, quando em Outubro o André Coelho Lima vencer as autárquicas. Este é um combate no qual estou envolvido há já 16 anos, desde as autárquicas de 1997 e que tenho esperança de ver o sonho concretizado porque nunca, nestes 16 anos, esteve tão bem preparado o PSD para vencer este município - tem uma equipa coesa e tecnicamente válida e preparada, um conjunto de ideias e ambições para Guimarães e  capacidade de gerir os desafios do futuro que se vão colocar.

Academicamente, terminando o mestrado que comecei no fim de 2011 e que, tenho esperança que me abre novas portas, janelas de oportunidade para o futuro mais próximo, se não em Portugal, que seja em Macau...

Espero que seja um ano cheio de coisas boas, saúde e optimismo, porque para coisas más, derrotismo e desesperança já nos bastou 2012...
Enviar um comentário