2013/04/30

Macau [12] - O que não há em Macau!

A famosa árvore das patacas! Eu ainda não a vi e já calcorreei uns 300km a pé esta cidade por entre ruas e jardins...
Colheres de pau!
Chocolate em pó para culinária (e mesmo cacau em pó não é fácil encontrar)!
Alho em pó!
Inundações quando chove, perdão, quando há dilúvios nas monções (como este que está acontecer agora)!
Facilidade de expressão em português - são poucos os que entendem e menos ainda os que falam!
Táxis quando chove - mesmo quando não chove parece que demoram sempre uma eternidade a aparecerem!
Medicamentos ocidentais - quer dizer, haver, até há, e até há muitas farmácias, algumas com farmacêuticos que até falam português, mas nem sempre há na dose que queremos ou quando os queremos, estão mais vezes esgotados que à venda...
Carne de vitela - boi ainda encontro, mas de vitela? Só importada congelada dos EUA!
Coxas de galinha! Vendem os peitos, vendem as asas ou vendem a galinha inteira. Mas as coxas não as vejo!
O meu champô!
Pão sem sal. Ou melhor, comida sem sal! Aqui deveriam ter todos tensões arteriais do tamanho do Hotel Grand Lisboa...
Fogões com mais de 2 bicos e/ou com bicos pequenos! É tudo tamanho wok!
Portugueses! Ou melhor, haver, até há, mas estão diluídos nos mais de 500 mil habitantes e 10 milhões de visitantes anuais a este pequeno mas delicioso território...

Actualização (4 de Maio):
* Massa folhada!
* Toalhas de mesa em tecido - apenas em plástico! Devem estar todas à venda na Europa...

Nova actualização (5 de Maio):
* ENCONTRAMOS: massa folhada e colheres de pau! Novidades...
Enviar um comentário