2004/03/30

Foi mesmo uma Assembleia Geral!

Fui lá, um pouco a medo, já que tudo indicava que o "clima" estava de "cortar à faca"! Primeiro, arranjar lugar... O que não foi nada fácil, nunca tinha visto ali naquela zona tantos carros juntos!
Depois, entrei no pavilhão. Cheio como um ovo! Entre 2000 a 3000 sócios marcaram presença, mas tudo estava calmo...

Quando cheguei, já havia começado e só apanhei os dois últimos pontos da ordem de trabalhos: a aprovação do ROC e os outros assuntos...
Entretanto, os meus amigos informaram-me dos acontecimentos: a confirmação que a Direcção não estava presente, a demissão não aceite pela assembleia dos restantes órgãos socias (AG e Conselho Fiscal) que viram assim reforçadas as suas posições e o adiamento da aprovação (ou não...) das contas de 2002 e do primeiro semestre de 2003 para uma AG a realizar no dia 14 de Maio, na primeira sexta-feira depois de terminado o campeonato!

Mas aquilo que assisti, e ainda foram quase duas horas de assembleia, foi muito pacifico e quase concensual: uma série de associados que se pronunciaram contra a gestão da actual Direcção, em especial contra o actual presidente. Mas gostei em particular de ouvir o sócio honorário Fernando Alberto Ribeiro da Silva. Que é talvez o mais antigo crítico de Pimenta Machado - e que viu ali reconhecido todo o trabalho que tem feito de denúncia da má gestão dos destinos deste clube - e que conseguiu levantar o pavilhão diversas vezes.
Infelizmente, não será candidato. Mas com um homem, perdão, Homem destes a dirigir o clube, outros rumos com toda a certeza surgiriam no horizonte próximo...
Enviar um comentário