2008/08/13

Inversão de valores

A sociedade portuguesa não está bem. Não é normal que um pai e um tio levem uma criança de 11 anos para realizar um assalto. Menos normal é depois de uma perseguição da policia aos assaltantes e da morte de um deles (por acaso, a criança) o juiz decrete que o GNR autor dos disparos seja constituído arguido, ao mesmo tempo que os assaltantes são deixados em liberdade.

Um país assim é um país doente. Já nem sequer é o país dos nabos que ontem. É um país de nabos podres, doentes, sem noção do bem e do mal, sem noção que depois de ontem só um agente da autoridade que seja nabo é que volta a disparar um tiro ou a atender a uma ocorrência.

Estes casos minam a autoridade das autoridades. Minam a moral de uma nação. Não é o GNR que tem culpa de ter alvejado uma criança, são os familiares que levaram a criança para essa acção os culpados da morte. O agente da autoridade, que quando se apercebeu da morte da criança deve ter ficado em choque, imagino como se deverá sentir neste momento... Em vez de ter o apoio da justiça, com letra bem míudinha afinal de contas, tem a justiça contra si!

Está mal. Está com os valores invertidos este país de nabos à beira-mar plantados...
Enviar um comentário