2011/10/11

A um passo da Polónia e da Ucrânia

Dentro de momentos inicia-se o jogo decisivo da Selecção de Portugal que, após o inicio titubeante, conseguiu encarreirar com a entrada de Paulo Bento para o lugar de seleccionador, não sem mais algumas dificuldades e incongruências pelo caminho.

Em todo o caso, está nas mão - ou melhor, nos pés - dos nossos jogadores a qualificação directa para o Europeu de futebol de 2012 a realizar conjuntamente pela Polónia e Ucrânia. Basta para tanto não perder. O empate já garante a qualificação, a vitória confirma-a de forma categórica.

Começou bem, por isso, Paulo Bento, ao usar a equipa do costume, que deverá jogar na forma tradicional e não mudando o esquema, como tantas vezes os treinadores fazem quando jogam para o resultado - e normalmente com os resultados trágicos que sabemos...

Espero que corra bem o jogo, para no final podermos comemorar a ida ao 5º europeu, 3º consecutivo (desde que organizamos em 2004 o nosso que não falhamos) numa demonstração de competência e continuidade que o futebol português, mesmo com todos os seus problemas e idiossincrasias tem.

POR-TU-GAL! POR-TU-GAL! POR-TU-GAL!
Enviar um comentário