2011/10/10

Leituras [63] - A Mentira Sagrada, de Luís Miguel Rocha

Mais um excelente livro deste jovem autor português que merece todo o destaque que a imprensa internacional lhe tem dado (nomeadamente o New York Times) e que, pelo que tenho acompanhado na página do Facebook do autor, em breve valerá um contrato com uns estúdios americanos para passar este excelente thriller ao grande ecran.

Merecido!

Porque a história é excelente, contada em capítulos curtos que se lêem de um só travo, um atrás do outro. Uma trama bem amarrada, com pormenores muito interessantes, que nos conta no pano de fundo a história de um Jesus, o Nazareu, o homem que existiu para lá da religião a que deu nome.

Em 2007 já havia lido também deste autor "O Último Papa" e que então me deu a conhecer, de forma muito positiva, L.M. Rocha. Estou muito satisfeito em ver a evolução que sofreu, para melhor, desde então. E como ele anunciou já estar em "modo de escrita", estou ansioso para ver o que aí vem num futuro próximo.

E enquanto o futuro não chega, terei de me contentar com outro livro dele, dos mesmos moldes destes, "Bala Santa" e que em breve irei comprar para juntar à minha biblioteca...

Entretanto, fica aqui a sinopse deste "A Mentira Sagrada":

"Será que Jesus foi mesmo crucificado?

Terá tudo acontecido como a Bíblia descreve?

Na noite da sua eleição para o Trono de São Pedro, o Papa Bento XVI, como todos os seus antecessores, tem de ler um documento antigo que esconde o segredo mais bem guardado da História - a Mentira Sagrada. Em Londres, um Evangelho misterioso na posse de um milionário israelita contém informações sobre esse segredo. Se cair nas mãos erradas pode revelar ao mundo uma verdade chocante. Rafael, um agente do Vaticano, é enviado para investigar o Evangelho... e descobre algo que pode abalar não só a sua fé mas também os pilares da Igreja Católica.

Que segredos guardará o Papa?

E que verdade esconde o misterioso Evangelho?"
Enviar um comentário