2011/01/03

Oportunidades de negócio

Nestes dias aqui por Inglaterra tenho reparado numa coisa: muito pouco produto português aparece aqui à venda.
Vinho, muito. Mas espanhol, italiano, chileno, frances... Azeite, muito. Mas espanhol, italiano, grego... Lacticínios, muitos. Mas ingleses, franceses, espanhóis... Enchidos, muitos. Mas ingleses, alemães, espanhóis, franceses...
De Portugal, para alem do inevitável Mateus Rosé que me serviu de acompanhamento ao jantar de hoje, pouco mais vi.
O que me deixa a ideia que há aqui um enorme mercado a explorar, até mesmo noutras áreas tradicionalmente fortes como o textil-lar, por exemplo.
Outra coisa que reparei é a falta de publicidade turística a Portugal. Vejo anuncios à Turquia, Tunisia, Espanha, Itália, quer a países por si, quer a zonas desses países. Mas, e mais uma vez, de Portugal, nada...
Por mais que me esforce, não consigo perceber esta falta de aposta em promover o país e os seus produtos aqui na "Velha Albion". Porque há poder de compra, apesar da crise, porque a Libra continua forte, porque os ingleses quando vão a Portugal gostam dos nossos produtos.
Pergunto-me se em vez de andar a "apaparicar" países de duvidoso espirito democrático em busca de esmolas não seria melhor apoiar empresas portuguesas promovendo-as em países como a Inglaterra, promovendo também o país, de forma a aumentar as exportações...
Enviar um comentário