2011/05/30

Está quase...

...a Mudar Portugal.

No próximo domingo, a esta hora, estaremos a comemorar o fim de um pesadelo de 6 anos, longo e infindável período de desgovernação de Sócrates que nos afundou até onde ninguém imaginou ser possível.

Ontem, sábado, a campanha do PSD passou pelo distrito de Braga com enorme sucesso e adesão das pessoas às iniciativas da campanha.



Logo de manhã, começou em Guimarães, ou mais propriamente na feira de Pevidém, um reduto comunista e que Pedro Passos Coelho ultrapassou bravamente, enfrentando a surpresa das pessoas por ver o líder num local tão dificil em vez de ir para uma mais simples visita ao centro histórico, por exemplo.



A presença da JSD distrital sentiu-se com muita força em todo o dia, um excelente trabalho da juventude do partido a mostrar o apoio dos jovens do mais novo distrito de Portugal a apoiar o PSD.



Em Amares o almoço foi uma enorme enchente, com mais pessoas do que bilhetes, nem os deputados (candidatos) tinham mesa para estar. Cabeceiras (antes do almoço) e Esposende (antes do jantar) foram, ao que me disseram, duas enchentes tão grandes que quando os últimos carros da caravana pararam já Passos Coelho estava a sair das arruadas!

Mas o ponto alto do dia foi, sem dúvidas, a arruada de Braga. Com centenas, talvez mais de mil pessoas a aguardarem e acompanharem Passos Coelho pelas ruas de Braga naquela que foi a maior acção do PSD desde, talvez, 1991, quando Cavaco Silva ganhou o país com a 2ª maioria.

À noite, o jantar em Barcelos foi também um excelente momento, mas acho que o PSD perdeu uma boa oportunidade de realizar um "verdadeiro" comicio no distrito - teria sido um enorme sucesso e moralizaria ainda mais o partido e o candidato para os últimos dias de campanha.

Porque é preciso Mudar Portugal. E está na hora de o fazer com o PSD.
Enviar um comentário