2011/08/20

45.666

45.666, quarenta e cinco mil, seiscentos e sessenta e seis. Este número são as faltas dos funcionários da Câmara Municipal de Guimarães ao longo de 2010, segundo esta noticia do Guimarães Digital.

E, sejamos claros, é um escândalo!


Imagem Guimarães Digital

São 1638 funcionários. É um funcionário por cada 96 habitantes, o que demonstra a clara municipalização do concelho, e não estão incluídos nestes cálculos os funcionários das empresas municipais... Cada um faltou em média mais de 27 dias. Considerando que um mês tem 22 dias úteis, cada funcionário faltou mais de 5 semanas ao trabalho. Se lhe juntarmos o mês de férias, são 9 semanas ausente do trabalho.

Uma empresa privada não sobrevive assim, com absentismo desta ordem - que diga-se, faz-me lembrar os meus funcionários de Angola... - e esta é uma boa explicação para a morosidade que existe no tratamento de processos simples como a renovação de um cartão de residente ou a análise dos processos de urbanismo.

Numa sociedade global e imediata como hoje em dia a nossa é, não é possível continuar a apresentar números destes. Não há justificações possíveis nem aceitáveis para isto. É preciso mudar, muito. De atitude. E de outras coisas mais.

45.666 dias de faltas são 125,1 anos! São 1473,1 meses normais. São 2075,7 meses úteis. São 6523,7 semanas normais. São 9133,2 semanas uteis. É um escândalo...
Enviar um comentário