2011/08/17

Filmes [16]: Há dias de azar, de Paul McGuigan

Este filme é de 2006 e vi-o hoje em DVD. E gostei.



Confuso, com uma história sobre a troca de identidade de pessoas que se vai percebendo aos poucos que tem uma ligação mais profunda do que aquela que aparenta entre os vários personagens, acaba por nos prender para vermos até onde vai a prodigiosa imaginação dos autores na trama que montaram.

E quando, já no final, pensamos que percebemos o filme, este volta a dar mais uma pequena reviravolta para nos surpreender ainda mais uma vez. Um filme que pela forma como está dirigido, montado e pelo humor que apresenta poderia ter sido de Tarantino. Não é, é de um (para mim) desconhecido Paul McGuingan e que mostrou aqui, num filme com as presenças de Bruce Willis, Morgan Freeman, Lucy Liu e Ben Kingsley dirigir um Josh Hartnett num interessante filme, para se passar um bom bocado.

SINOPSE
"Um erro de identificação leva Slevin (Josh Hartnett) para o meio de uma guerra que está a ser preprada pelos dois maiores líderes da máfia nova-iorquina. Slevin vê-se assim, de repente, perseguido por um assassino profissional (Bruce Willis) e passa a estar sob intensa vigilância do detective Brikowski. Terá que encontrar uma forma genial de escapar com vida da confusão em que entrou..."
Enviar um comentário