2008/06/06

Euro 2008 - Previsões


24 horas antes do inicio, as minhas expectativas são baixas, como o eram há 4 anos atrás e que, não fosse a emenda de mão "mourinha" do seleccionador e o desastre que se previa teria sido real, conforme se atestou pelo jogo inaugural com a Grécia.

Desta vez, infelizmente, o seleccionador não tem um meio campo pronto a usar como então (Costinha+Maniche+Deco) apesar da defesa ser muito próxima da de então e os sucessores terem ainda o toque de midas do Mourinho (Pepe foi escolha de Mourinho, Bruno Alves estava na equipa B e era presença regular nos treinos dos A's, Bosingwa já foi campeão europeu, Ricardo Carvalho e Paulo Ferreira sempre foram produtos dele, até no Chelsea, só o Miguel e Jorge Ribeiro estão a destoar) e o ataque, com excepção do melhor atacante do mundo, é fraco (Simão continua o mesmo, Nuno Gomes continua cada vez pior, Postiga marcou 2 golos este ano, o melhor é mesmo o Hugo Almeida que mesmo assim não logrou atingir os 20 golos numa época que é o minimo que se pede a um ponta de lança de topo).

Do guarda-redes nem falo, não há mais nada a dizer sobre ele. Por isso, as minhas expectativas são baixas. Temos potencialmente bons jogadores, mas ou não irão jogar ou ainda não são um colectivo, não têm automatismos nem se conhecem de olhos fechados. Por exemplo, Miguel Veloso preterido pelo Petit; só aquele senhor é capaz de se lembrar de semelhante ideia, ainda mais quando vai apostar no Moutinho e podia assim tentar ter os tais automatismos que eles trazem do Sporting. Aliás, só este senhor é que se lembra de levar o Postiga, o Nuno Gomes e o Petit ao Euro2008 depois das épocas péssimas que tiveram nos seus clubes, carregados de lesões e de jogos como suplentes.

Em 2006, no Mundial, a coisa ainda correu bem, apesar de jogar mal, muito mal. Desta vez, e a ver pela amostra do jogo passado contra a Georgia, não vejo maneira de ir a lado algum.

A minha previsão é que não passamos da fase de grupos, o que será, como muito bem disse o Mourinho, ridiculo. Espero constatar que estava enganado, mas não sou crente...
Enviar um comentário