2011/04/12

Chegou o FMI



Enquanto Sócrates, mais uma vez, mente e não cumpre o que disse ("Eu não estou disponível, da minha parte, para governar com o FMI") mantendo a sua tradição de fazer da verdade de hoje a mentira de amanhã, o FMI já cá está para, conjuntamente com a UE, ver em que ponto andam as nossas contas e o que se pode fazer por elas, bem como decidir o valor do empréstimo, o prazo e as tranches.

Quem, no entanto, ouviu o partido do poder gestionário a falar no comício de Matosinhos, parece que, de facto, ainda somos nós que vamos emprestar dinheiro ao FMI... Já não há pachorra! Nem para gestão servem! Veja-se apenas o caso do TGV, que ontem foi, finalmente, suspenso por "bom senso"... por ter sido apenas ontem, apesar dos avisos que há 2 anos o PSD e o PP vêm a fazer, vai custar uns milhões, talvez mais de cem milhões, em indemnizações aos adjudicados vencedores dos concursos que nunca deveriam ter sido lançados... E quem paga, mais uma vez? Sócrates? Não, todos nós...

Acho que está na altura de se estudar de forma séria e rigorosa se não podemos fazer o que se fez na Islândia, levar a tribunal o primeiro-ministro que os colocaram naquela situação, por negligência que causou a crise!
Enviar um comentário