2009/07/17

Quase em Angola...

É sempre um momento dificil, este o da partida. Neste momento, no lounge do aeroporto de Lisboa, a solidão no meio de milhares de pessoas é uma nota marcante.

Não sou só eu.

Olho à volta e vejo pessoas das mais diversas nacionalidades que devem estar a sentir o mesmo que eu neste momento.

Tambem se vê felicidade, aqui e ali, nas pessoas sós. São, provavelmente, regressos a casa depois da ausência.

O que custa mais é partir e ainda não saber, novamente como em Janeiro passado, quando posso regressar. Talvez em Setembro ou Outubro, ou talvez apenas no Natal...

Agora que tenho o meu cantinho, junto da Sara, cada vez mais arranjadinho ao nosso gosto, custa cada vez mais ir. Enfim, aí vou eu para a minha 8ª entrada em Angola...
Enviar um comentário