2011/03/03

Empreenda, por favor

"Empreenda por favor!" dizem eles e, se calhar, com razão!



Com origem no programa de televisão "A cor do dinheiro" de Camilo Lourenço na RTPN, surgiu um movimento que visa aumentar o "empreendedorismo", palavra que deriva da inglesa bem mais complexa "entrepeneurship", o acto de empreender, do individuo que por sua iniciativa arranca com o seu negócio, por vezes inovador.

Nos tempos que passam, em que o desemprego atinge níveis assustadores (11,2% no último mês) e em que as condições para as empresas contratarem e expandirem o quadro não são as ideais, esta parece ser a única e mais lógica solução para resolver o problema.

Assisti ontem, durante todo o dia, na ANJE, um dos mais activos e antigos pólos de difusão do empreendedorismo, a uma das várias conferências que estão a levar a vários pontos do país. E foi muito interessante, ouvir falar de financiamentos, hipóteses de mercado, planos de negócios, histórias de empreendedores, as dificuldades que se enfrenta. Faz, no mínimo, pensar que há sempre mais uma alternativa viável para explorar.

Na internet há imensa informação sobre o assunto (no meu Google fazer a pesquisa sobre empreendedorismo devolveu mais de 4.220.000 resultados...) mas, para além dos links que já coloquei no texto, destaco ainda este Guia do Empreendedorismo da ANJE e o site do IAPMEI com imensas informações úteis para o assunto, desde a constituição de empresas até aos financiamentos disponiveis.
Enviar um comentário