2004/05/03

Estádio com jogo à porta fechada...

Parece-me que é a consequência lógica da evolução da situação das últimas duas épocas.

É um facto que os adeptos do Vitória têm primado por atitudes menos correctas e algo violentas nas duas últimas épocas. Mas não podemos generalizar! Diria que apenas um grupo de 15 a 60 adeptos são o foco causador destes problemas e controlar esse "grupo" permitiria resolver o problema, assim o quisesse quem de direito tem por funções fazer isso. Porque não admito que digam que todos os adeptos do Vitória são energumenos. Eu fui um dos cerca de 16000 que tem assistido aos últimos jogos do Vitória e não me considero - e não sou! - um energúmeno. Posso assobiar o árbitro ou a equipa adversária, mas sobretudo sou um adepto "positivo": gosto é de puxar pela equipa que apoio, apludir as boas jogadas, gritar golo!

Portanto, primeira conclusão: o problema reside num pequeno foco de adeptos que a direcção do Vitória e a policia sabem quem são. Ou se não sabem, já deviam saber... Controlar esse pequeno foco é resolver e praticamente eliminar os problemas que levaram à suspensão de dois jogos e a esta setença de hoje.

É um facto que o Conselho de Disciplina da Liga não tem primado por tomar as decisões correctas em muitos casos. Quase todos os recursos que o FC Porto faz entrar na FPF sobre decisões do Conselho de Disciplina são deferidas e o resultado é o anular das penas. Mas há mais casos de duvidosa aplicação das leis... Por exemplo, a época passada no rescaldo do jogo Vitória x Benfica, em Felgueiras, onde a claque benfiquista atirou um petardo (!) que feriu um jogador do Vitória, teve como resultado a penalização do Vitória (!!) e a omissão de qualquer castigo ao Benfica e à sua claque (!!!). Agora, segundo alega o (ainda) presidente do Vitória, o CD da Liga não tem competências para aplicar a pena de realizar o jogo à porta fechada por esse castigo não estar previsto nos regulamentos. Mas pelo que pude confirmar, no Regulamento de Disciplina da FPF (Artigo 37º) e no Regulamento de Disciplina da Liga (artigo 39º), esta pena está prevista... e com a questão acessória que é proibida a retransmissão radiofónica ou televisa em directo ou diferido! Agora, se os desacatos foram provocados dentro do Recinto Desportivo e se são assim passiveis de ser penalizados, isso é que me deixa algumas dúvidas!

Segunda conclusão: depois de ouvir o relator do CD da Liga chamar energumenos a todos os adeptos, depois de ver "n" decisões revogadas/alteradas por instancias superiores, a credibilidade do CD é minima.

É ainda um facto que em Portugal, nos últimos tempos, têm acontecido situações muito graves nos campos de futebol. Desde os pontapés na mesa do 4º árbitro do presidente da Câmara de Marco de Canavezes até à invasão de campo realizada pela Juve-Leo ontem no "derby" SCPxSLB, tudo é anormal, actos de violência e - acima de tudo - de falta de civismo das pessoas envolvidas. Mas será que muitos destes problemas não seriam resolvidos com uma actuação mais eficaz das direcções dos clubes (que na maior parte das vezes "protegem" os infractores e apoiam as claques que repetidamente causam problemas aos clubes) e se a policia realizasse um trabalho de prevenção que evitasse o surgir destes problemas, coisa que não me parece que hoje aconteça.

Assim, para além da muita tinta que este caso ainda vai fazer correr, eu só me pergunto é como é que vai a Liga fazer para impedir as pessoas de se aproximarem do estádio. É que - para quem não sabe (como esses senhores de Lisboa não devem saber...) - a envolvente do estádio está em obras (execução de passeios e ruas) e como tal, é um verdadeiro arsenal de munições para que a práctica do crime que levou a esta suspenção se volte a repetir - aliás, ameaça já feita por vários adeptos numa rádio local que dedicou um fórum hoje ao assunto.

Deixo aqui um repto aos adeptos: não prejudiquem o Vitória, sejam pacificos e não respondam a provocações ignóbeis como esta. É preferível, sem dúvidas, apoiar o Moreirense (o outro clube de Guimarães que há muito garantiu a permanência na SuperLiga) que se derrotar o Alverca, em Moreira de Cónegos, garante automaticamente a manutenção do Vitória.
Porque da forma como as coisas estão, já se sabe que qualquer acto irreflectido de algum adepto apenas vai prejudicar o Vitória e benefeciar os adversários. Pelo Vitória, no domingo, todos no apoio ao Moreirense!
Enviar um comentário