2004/06/08

Scolari e o Benfica

Hoje à tarde passou a ser público aquilo que em privado se sabe há muito tempo: Scolari ia treinar o Benfica. Já há muito tempo se sabe que Camacho não ia renovar com o Benfica e já de há muito que o Benfica trabalha sob a orientação de Scolari a próxima época.

Agora, a palhaçada acabou. Quando alguém do Benfica pôs a circular a noticia, que o próprio empresário de Scolari já havia "pré"-indicado de manhã, ele "explodiu" numa conferência de imprensa muito bem encenada.

Hoje, dia 8 de Junho, a 4 dias do jogo inaugural no Estádio do Dragão, Scolari finalmente descobriu que é o seleccionador de Portugal e não o treinador indicado para o Benfica e que o jogo se realiza no estádio do principal rival do Benfica... Mais vale tarde do que nunca, dirão alguns. Eu digo que ele só tinha mais uma de duas coisas a fazer: demitir-se ou assinar já a extensão do seu contrato com a FPF até 2006.

Porque para mim, e até que o Benfica apresente um treinador - e não me chega anuncios de jornal em interesses, tenho de ver um treinador no estádio a dar a conferência de imprensa - o Scolari é (e vai ser) o treinador do Benfica para a próxima época.
É que apesar de bufar, negar e barafustar, Scolari não disse que nunca seria treinador do Benfica na próxima época... Ele só disse "agora não vou"! Só que este agora é para mim pouco... "Agora" não vai, e quando Portugal for eliminado, no final da fase de grupos ou quartos de final ou meias finais ou na final de Julho? Para já, aquilo que ontem era verdade (Scolari treinador do Benfica) continua a ser para mim verdade hoje e amanhã, até prova concreta em contrário...
Enviar um comentário