2009/04/18

BNA (21) - Mais arranjos que avançam

Reza-se que quando o Homem sonha, a Obra nasce... Aqui, é mais à base de pesadelos que a obra é feita, mas de qualquer forma o que interessa é que o resultado final é cada vez mais aquele que eu espero: a luz ao fundo do túnel já se vê e não é uma simples fresta!

Tenho dedicado várias horas dos meus dias a um acompanhamento maior e mais intenso à obra, que assim o exige. Ora discuto com o carpinteiro ajustes de roupeiros, guarnições e rodapés, ora analiso com o ladrilhador acabamentos de mosaicos e pedras, ora debato com o serralheiro a aplicação de determinada janela ser mais para um lado ou para o outro por causa dos remates, ora inspecciono os remates de estuque e monomassa nas janelas para ver se não ficou nada esquecido... São horas que estou por lá que mais tarde podem fazer toda a diferença...


Na rua Bartolomeu Dias também já estou a trabalhar nos arranjos, o lancil está já bastante adiantado



A cozinha industrial também já tem caixilhos (aliás, do piso 6 ao 3 está quase tudo colocado, faltando apenas um ou outro por um qualquer motivo) e dentro de dias terá os últimos equipamentos que já chegaram, para depois fazer o tecto falso


Mais uns terraços impermeabilizados, com o Zé Baptista a demonstrar que o teste da água correu bem


Os carreteis de incêndios nas caixas já estão também a ser colocados



Os roupeiros e restantes aros com guarnições de portas também continuam a ser aplicados, a dupla Carlos Alberto/Telmo está imparável...


As últimas pedras da fachada grampeada estão a ser colocadas, ficam só alguns remates para executar, acho que ficou um espectáculo cuja verdadeira dimensão só irá ser apreciada quando retirar andaimes e rede sombra e estiver o aço-inox e fachada cortina executados
Enviar um comentário