2009/04/23

Na vanguarda, outra vez

O pavilhão do FC Porto, o DRAGÃO CAIXA, que irá ser inaugurado este fim de semana, é mais uma vez um edificio do ponto de vista arquitectónico de vanguarda, tal como o Estádio do Dragão - único com certificação ambiental em Portugal, julgo eu.

Primeiro pelo original desenho e enquandramento urbano, colmatando um vazio na cidade que "sobrou" entre a rua circundante do Estádio do Dragão e a VCI.

Depois, prima novamente pela originalidade arquitectónica e estrutural no traçado desenvolvido, levantado-se sobre pilares como as construções que estão em zona alagadiças, de forma a ganhar a cota necessária até chegar ao arruamento que o serve.

Por fim, pela introdução novamente de tecnologias de construção inovadoras e materiais de última geração, que lhe permitem obter ganhos energéticos consideráveis - por exemplo, o tecto falso introduzido com propriedades térmicas e acústicas, as grandes clarabóias que associadas a sensores permitem controlar a quantidade de luz electrica em função da luz natural, a presença de paineis solares...

Fico orgulhoso do meu clube ter investido numa obra destas. Porque a obra é, também ela, uma aula de como os arquitectos podem introduzir enormes mais-valias para além da parte "artistica". De parabéns o FC Porto, o presidente que foi o grande mentor do projecto e a CDG por se ter associado ao mesmo. E agora venham os prémios de arquitectura e construção...

Ver do Público esta apresentação.
Enviar um comentário